Observatório Multipolar

Observatório Multipolar 

Lectures

Geopolítica da Crise Venezuelana - Observatório Multipolar EP 06

A Venezuela tem sofrido com diversas sanções e bloqueios internacionais nos últimos anos. O projeto nacional venezuelano, pautado na ideologia bolivariana, parece ser um dos maiores inimigos da agenda globalista e isso tem motivado diversas tensões, principalmente com a Colômbia, aliada sul-americana da OTAN, e, mais recentemente, com Guiana e Suriname.

Retrospectiva 2021 com Leonid Savin - Observatório Multipolar EP 24

O ano de 2021 foi repleto de acontecimentos relevantes no cenário internacional. A eleição conturbada de Biden, a saída americana do Afeganistão, a aproximação entre Rússia e China e diversos outros eventos tornam o ano extremamente interessante para todos os estudiosos em geopolítica e relações internacionais.

O Que Está Acontecendo na Ucrânia? - Observatório Multipolar EP 25

Recentemente, a questão ucraniana tem ganhado destaque midiático no mundo inteiro. A narrativa da OTAN sobre um suposto plano russo de invasão vem crescendo e justificando uma grande paranoia anti-russa, que já toma conta até mesmo da mídia brasileira. Iniciando a segunda temporada do Observatório Multipolar, Lucas Leiroz, Uriel Araújo e Tácio Napomuceno comentam a crise de segurança na Ucrânia e as possibilidades de conflito na Europa Oriental.

A Eleição Presidencial Francesa e seus Impactos no Mundo - Observatório Multipolar EP 30

No episódio de hoje do Observatório Multipolar, convidamos o professor italiano Andrea Virga, o colaborador francês do movimento Égalité et Reconciliation, Mikael Petrovic e o Líder da Nova Resistência, Raphael Machado para um debate apresentado pelo Analista de Relações Internacionais e Historiador Tácio Nepomuceno Reis sobre as eleições na França e suas implicações para o mundo.

Entrevista exclusiva com Scott Ritter | Observatório Multipolar #42

Scott Ritter é ex oficial de inteligência do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e veterano da Guerra do Golfo. Foi observador da ONU durante a Invasão Americana do Iraque e se tornou o primeiro a denunciar que não havia armas de destruição em massa no país. Também denunciou as operações secretas da CIA para manipular os relatórios dos observadores e justificar a invasão americana. Ritter hoje é um dos maiores críticos da política externa ianque e denuncia frequentemente o intervencionismo americano na Ucrânia, em Taiwan e outras partes do mundo. Uma voz dissidente de dentro do coração do imperialismo pela primeira vez se comunicando com o público brasileiro!